Parece mentira, mas o verão de 2021 já lá vai ☹ Apesar de ter sido vivido ainda com certas restrições, já se sentiu alguma normalidade em eventos, convívios e houve espaço para acontecerem momentos inesquecíveis. 

Deixa também para trás tendências que se acentuaram do ano passado ou que nasceram em 2021 por necessidade de adoção de medidas de segurança no contexto pandémico, mas que acabaram por ser transformadas em cool trends.

A nossa equipa fez um apanhado do que foi mais procurado (e partilhado)! Apresentamos abaixo as 5 principais tendências do verão de 2021:

 

Summering – glamping, camping (e bungalows)

 

Este verão foi dominado pelo Summering (uma expressão oficialmente inventada pela equipa Outstanding). Não são novidade, mas os chamados Glampings (um mix de camping com glamour) estiveram entre as unidades de alojamento mais populares e foram altamente procurados. 

Prova disso foram os inúmeros giveaways que se viram nas redes sociais para ganhar uma estadia neste tipo de alojamento. São, de facto, cada vez mais e diversos os glampings que existem de norte a sul de Portugal e alguns já considerados autênticos espaços 5 estrelas (o que não deixa de ser interessante para um conceito que nasceu mais perto do de campismo).

Também o tradicional campismo voltou em força, o que se percebeu pelas taxas de ocupação dos parques de campismo. A necessidade de estar preferencialmente ao ar livre, com pessoas do círculo mais próximo e de manter o devido afastamento social, fez com que este tipo de alojamento fosse a escolha ideal. Assim como os bungalows, as autocaravanas ou ainda os Jeep’s equipados com tendas rígidas no tejadilho.

 

glamping

 

Piqueniques

 

Já não são só as unidades de turismo rural que proporcionam este serviço tão característico de uma estadia no campo. Cada vez mais hotéis de 5 estrelas aderem à moda e incluem nas suas ofertas pacotes com opção de piquenique o que, uma vez mais, serve essencialmente para colmatar a necessidade de ter que gerir restaurantes com ocupação reduzida (alguns até mesmo fechados).

Os piqueniques já não são o que eram, com a tradicional toalha sobre a mesa de pedra ou de madeira do parque de merendas mais próximo. Fazem agora também parte de uma experiência glamourosa, com cestos recheados de produtos gourmet, num serviço de catering volante requintado.

A necessidade é a mãe da invenção, certo? 😛

 

 

 

Passadiços

 

O verão de 2021 ficou marcado pelas inúmeras inaugurações de passadiços de norte a sul do país e, também, dos já famosos baloiços nos miradouros. Da Comporta ao mais famoso passadiço de Arouca, que ficou este ano conhecido por integrar o percurso que tem a maior ponte suspensa do mundo, são inúmeras as opções para caminhar uns largos quilómetros com paisagens absolutamente extenuantes. A enorme procura por passadiços no verão de 2021 confirma a crescente preferência por experiências que misturam a atividade física com aventura e natureza, diversificando assim cada vez mais as opções de lazer nas férias.

Se ainda não te aventuraste numa destas caminhadas, aconselhamos-te vivamente a fazê-lo e podes começar bem a norte, pelo Passadiço do Sistelo. Trata-se de um percurso com aproximadamente 10 kms que passa pela aldeia conhecida como o Tibete Português que é, na verdade, a aldeia do Sistelo, eleita uma das 7 Maravilhas de Portugal. Não deixes de entrar em contacto com o nosso parceiro Stay Sistelo para mais informações.

 

 

Baloiços

 

Esta é uma moda que já vem de 2020 e que se acentuou no verão de 2021 – os baloiços em miradouros ou outros pontos altos que permitem relaxar (ou melhor, baloiçar) enquanto se apreciam paisagens de cortar a respiração. Esta tendência veio para ficar e até já há um website dedicado a encontrar os mais de 100 baloiços que existem por Portugal.

É difícil identificar o primeiro, mas já desde 2018 que o baloiço da Lousã é apontado como o mais famoso do país. Fica no Alto de Trevim e bem perto das aldeias de xisto, onde também podes encontrar o nosso parceiro Cerdeira – Home for Creativity.

Até em alguns bares e cafés esta tendência pegou como é o caso do bar da famosa praia dos Galapinhos onde, em vez de te sentares nos tradicionais bancos à mesa, tens baloiços virados para o mar onde podes relaxar enquanto comes um gelado.

 

 

 

Praias fluviais

 

Tal como as tendências identificadas acima, esta não é exceção e acentua-se numa resposta a uma necessidade de evitar aglomerados. A aposta nas praias fluviais foi uma tentativa das autarquias de chamar pessoas às suas localidades, respondendo à tendência de descentralização que se verificou este ano. Foram fortemente desaconselhadas as romarias às praias do Algarve e verificou-se um grande incentivo para que os turistas portugueses e internacionais se dispersassem pelos vários concelhos do país e explorassem, entre outros equipamentos, as fantásticas praias fluviais que temos em Portugal.

Com esta aposta, as praias fluviais tornam-se cada vez mais interessantes, com apoios modernos e outras inovações como é o caso desta que fica inserida no parque de lazer da freguesia de Andrães, em Vila Real, que tem um baloiço redondo dentro da água do rio Tanha e uma zona de lazer com uma cabine de DJ que torna um espaço numa autêntica discoteca ao ar livre.

 

 

 

Tendências à parte, qualquer motivo é bom para viajar por Portugal e conhecer os seus cantos mais ou menos artificiais. Aproveita os dias de férias que ainda tens ou fins de semana prolongados para os descobrir em Escapadinhas surpresa com os parceiros da Outstanding Portugal. Reserva aqui.